Em Pedaços – Crítica Com Spoilers – Bloco01Pocket

Em Pedaços rendeu para a atriz Diane Kruger o premio de melhor atriz em CANNES, sua ótima interpretação se destaca entre personagens uma história com motivações rasas!

Critica com Spoilers

Em Pedaços

(Aus dem Nichts):

Data de estreia: 15/03/2018

Direção:Fatih Akin

Elenco: Diane KrugerDenis MoschittoNuman Acar,

Sinopse: Após cumprir pena por tráfico de drogas, o turco Nuri Sekerci (Numan Acar) leva uma vida amorosa e tranquila com a esposa Katja Sekerci (Diane Kruger) e o filho Rocco na Alemanha. Certo dia ele e o menino estão no escritório e morrem vítimas de uma explosão criminosa, tragédia que deixa Katja sem chão. Ela batalha na justiça pela punição dos culpados, um casal neonazista, e, insatisfeita com o desenrolar do caso, decide pela vingança com as próprias mãos..

 

Crítica

Não foi a toa que ganhou o prêmio de melhor interpretação feminina no festival de Cannes, Diane Kruger está incrível nesse drama dirigido por Fatih Akin, Diane interpreta Katja, uma alemã que perde o marido e o filho de forma brutal, em uma explosão criminosa. Seu marido era turco e faz a investigação acreditar em um atentado xenofóbico cometido por neonazistas, algo que chama muito atenção pelo que vem acontecendo no mundo com a crise dos imigrantes e os grupos terroristas.

 

A trama se modifica a cada ato, a princípio parece que vamos acompanhar somente o luto dilacerante da Katja porém a história se transforma quando começa o julgamento e nos revolta quando são absolvidos levando filme para um final inesperado. Junto a mudança no enredo vemos a mudança dos cenários, a iluminação, até o clima, cenas escuras e chuvosas durante o desespero e dor da personagem e dias de sol durante o desfecho do filme.

 

O filme poderia apresentar melhor a motivação do casal que tramou o atentado principalmente nas cenas do julgamento. Seus personagens são rasos dentro de uma questão de tamanha importância no cenário atual. O momento em que citam a idolatria a Hitler (algo vergonhoso para um filme alemão) faz com que esperemos esse desenrolar, o que não acontece.

 

Fatih traz cenas de gravações caseiras da família, claramente para despertar o carinho e empatia com a personagem, em meio a belas cenas como a da banheira ou a chegada na cena da explosão.

 

Uma narrativa linear sem profundidade com personagens coadjuvantes bem secundários trazendo mais destaque a performance de Kruger, atuação que vai transformar sua carreira.

Trailer:

 

 

Por: Lari Lima